• Blog do Curso de Biomedicina

Unicatólica > Blog do Curso de Biomedicina > CURSO > Curso de Biomedicina da UNICATÓLICA – Há 12 anos fazendo história no Sertão Central Cearense
Curso de Biomedicina da UNICATÓLICA  – Há 12 anos fazendo história no Sertão Central Cearense
CURSO

Curso de Biomedicina da UNICATÓLICA – Há 12 anos fazendo história no Sertão Central Cearense

O curso de Biomedicina da UNICATÓLICA, pioneiro no Ceará, possui mais de doze anos formando profissionais de destaque no mercado de trabalho. Atualmente, o curso é coordenado pela professora Mestre Mariana Gomes Vidal Sampaio e conta com cerca de 90% do corpo docente composto por mestres e doutores, com ampla experiência profissional.

Desde o ano de 2018, a formação em Biomedicina é realizada no turno noturno, característica que favorece aos alunos conciliar o estudo com o trabalho. Outra novidade é que, a partir desse ano, está sendo ofertada uma nova matriz curricular mais flexível e voltada para o mercado de trabalho, pois este, a cada dia, se encontra mais exigente. Tal mudança se consolidou, através da inserção de disciplinas obrigatórias nas áreas de estética e perícia criminal. Além dessas áreas, o curso de Biomedicina, ainda, pode atrair profissionais que almejam trabalhar com análises clínicas, genética, citologia clínica, imagenologia, reprodução humana, bromatologia, análise de água, entre outras, visto que a formação do biomédico abrange cerca de trinta e cinco áreas de atuação.

A UNICATÓLICA objetiva formar profissionais generalistas, humanistas, críticos e reflexivos, que estejam antenados às novidades do mercado de trabalho, além de incentivar o aluno no desenvolvimento de pesquisas voltadas para a área de atuação. Esse fato é comprovado, através da aprovação dos nossos alunos em programas de mestrado em diversas universidades federais de destaques no país. Também, é válido destacar a aprovação de vários biomédicos egressos em concursos como no Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), bem como se sobressaem muitos profissionais que empreendem no ramo das análises clínicas, gerando diversas possibilidades de emprego nas regiões onde estão inseridos.

Por: Eliane Rodrigues

Deixe seu comentário