• Blog do Curso de Direito

Unicatólica > Blog do Curso de Direito > SELEÇÃO > Discente é aprovado em concurso público do TJPE
Discente é aprovado em concurso público do TJPE
SELEÇÃO

Discente é aprovado em concurso público do TJPE

André Jacinto de Almeida Neto, discente do curso de Direito da UNICATÓLICA, foi aprovado em primei­ro lugar no concurso público do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) para o cargo de Analista Judiciário em Direito.

Além dos inúmeros aprendizados nas cadeiras regulares do curso de Direito e de atividades relevantes, como o Grupo OAB à Distância, o discente obteve aprovações em outros processos seletivos e concursos públicos.

Seu foco sempre foi concurso público para Promotor de Justi­ça Estadual e, eventualmente, para Juiz de Direito, todavia, foi aproveitando as oportunidades que surgiam no caminho.

De maneira específica, iniciou sua preparação para o TJPE ob­servando o edital do concurso e intensificou seus estudos nas três semanas antes da execução das provas. Modulou um pouco o con­teúdo a ser estudado, focando o estudo da legislação estadual, pois não conhecia de maneira aprofun­dada o ordenamento jurídico do Estado de Pernambuco (Estatuto dos Servidores Públicos do Esta­do, Regimento Interno do TJ/PE, Lei de Organização Judiciária do Estado).

De maneira cumulativa, come­çou a resolver questões da banca examinadora do concurso, pois existia a necessidade de se habi­tuar com a estrutura e sistemática das questões. “Passei madrugadas acordado para revisar o máximo de conteúdo possível, e busquei fiscalizar o conteúdo programático do edital para identificar eventu­ais matérias que tivessem maior facilidade de cair na prova. De uma forma ou de outra, corri con­tra o tempo para me adequar aos parâmetros exigidos pela banca”, destacou o discente.

Seu intuito agora será continuar estudando e aproveitando, sem sombra de dúvidas, a experiência proporcionada pelo cargo público de Analista Judiciário. As ativida­des, essencialmente, se vinculam à função de um Juiz de Direito, sem esquecer que o exercício da função contará como período de atividade jurídica capaz de preencher requi­sitos importantes para assunção de alguma outra carreira jurídica.

“A UNICATÓLICA foi funda­mental para a abertura de diver­sas portas, que antes, para mim, eram desconhecidas ou inaces­síveis. Com a excelência de seus professores e uma ótima estrutura para estudo, essa IES moldou meu profissionalismo, sempre incre­mentando no saber jurídico. Com uma excelente Coordenação, o curso de Direito da UNICATÓLI­CA vem demonstrando um ótimo aproveitamento, com bons profes­sores, ótimos materiais e um óti­mo acompanhamento. Agradeço muito à UNICATÓLICA por todo o carinho e apoio”, finalizou.

Por: Eliane Rodrigues

Deixe seu comentário